Luteína

A luteína é uma substância chamada carotenóide, ou seja, um composto com pigmentação amarela (mas que pode estar presente em alimentos verdes) e que se solubiliza em gorduras, muito importante para o organismo, principalmente no âmbito da saúde ocular e atua contra o envelhecimento precoce da pele, considerada um potente antioxidante. 

Está presente em grandes concentrações em: Gema de ovos, milho, couve, brócolis, rúcula, mostarda, chicória, aipo, alface, agrião. 

Ao menos 2 desses alimentos, devem estar na alimentação diária para se ter via alimentar uma boa fonte de luteína para o corpo. 

A suplementação de luteína se faz necessária quando a pessoa não faz o consumo adequado das fontes alimentares desse carotenóide. 

É importante uma avaliação por nutricionista para saber a necessidade de suplementação e como fazê-la. 

A falta dessa substância no corpo, pode causar envelhecimento precoce da pele, queda do sistema imunológico e aparecimento precoce de catarata. 

A suplementação de luteína quase não apresenta efeitos colaterais nem dosagem de toxicidade. O que se pode notar, é o amarelamento da pele e olhos, com seu excesso.