Hortelã

A hortelã pode tanto ser ingerida como inalada, pois possui poderes antibacterianos, antifúngicos, anti-inflamatórios além de antioxidantes poderosos, vitaminas A, B6, C, E, K, ácido fólico e a riboflavina.

A hortelã relaxa os músculos do estômago e melhora o fluxo de bile, que o corpo usa para digerir gorduras.

Diversos estudos revelaram que a hortelã é muito eficiente no tratamento dos sintomas da síndrome do cólon irritado.Aajuda no tratamento de sintomas como dor, inchaço, gases e diarreia.

Erva-cidreira

Uma erva muito conhecida dos amantes do chá, a erva-cidreira tem um plantio fácil e dá pequenas flores que atraem abelhas. Mas são as suas folhas cítricas que rendem um chá delicioso e podem ser usadas com esse propósito tanto secas quanto frescas e recém-colhidas.

Essa erva além de poder ser utilizada para tratar problemas digestivos, também pode atuar no controle dos sintomas da ansiedade, pois possui propriedades calmantes, garantindo a sensação de tranquilidade e bem-estar.

Para fazer o chá de erva-cidreira é aconselhado usar somente as suas folhas, tanto secas como frescas, pois é a parte da planta que contém todas as propriedades benéficas para a saúde.

Camomila

Ajuda na má digestão, acalma e reduz a ansiedade. são alguns dos benefícios do chá de camomila, além de melhorar a qualidade do sono.

O chá de Camomila, pode ser preparado usando as flores secas da planta ou os sachês que se compra no supermercado.

O chá de Camomila pode ser preparado sozinho ou numa combinação de plantas, como erva-doce e hortelã, combinando vários benefícios em uma única bebida.

Os principais benefícios do chá de Camomila incluem:

Redução da hiperatividade;

Ajuda a acalmar e a relaxar;

Alivia o estresse;

Auxilia no tratamento da ansiedade;

Ajuda no tratamento de problemas no estômago, a controlar a má digestão e a tratar as úlceras no estômago;

Alivia cólicas menstruais;

Ajuda no tratamento de feridas e inflamações;

Alecrim

É rico em fibras, vitamina C, C, Cálcio, Ferro, Magnésio, Fósforo, potássio e praticamente não possui contraindicações.

O alecrim pode ser tomado em infusão, sem ferver a planta, ou somente deixando um ramo de alecrim fresco dentro de uma jarra de água, que se tomará durante o dia. É usado também para decorar e temperar pratos e receitas salgadas, como purês.

Sálvia

Seu chá é indicado como expectorante para gripes e resfriados, para lavar feridas infeccionadas, e para inalação. Na cozinha é bastante usada no tempero de carnes. Na Itália se tempera a pasta com manteiga e folhas de sálvia.

Trata cólicas menstruais, ansiedade, insônia e sintomas da menopausa.

Todos os chás anteriores, podem ser feitos com a infusão de folhas ou de sachês e podem ser tomados quentes ou gelados.

Todos estes chás podem ser cultivados em casa, no jardim ou vasinhos, regados com a frequência de 1x por semana, pelo menos, nas épocas mais secas.

O nutricionista é o profissional adequado para indicar os melhores tipos de chás e sua frequência, na alimentação.